Notícias

MORRE ROBERTO BOLAÑOS, O FAMOSO CRIADOR DO CHAVES e CHAPOLIN

O corpo de Roberto Bolaños, criador dos seriados "Chaves" e "Chapolin", chegou por volta das 17h (horário de Brasília) deste domingo (30) ao estádio Azteca, na Cidade do México, para um velório aberto a seus fãs. Milhares participam do adeus ao humorista –muitos dos presentes usam fantasias.

Promovida pela emissora Televisa, a homenagem se chama "Chespirito: Obrigado para sempre", em referência ao apelido pelo qual Bolaños era conhecido. Ele morreu nesta sexta-feira (28) aos 85 anos em sua casa, na cidade de Cancún.

Ainda no sábado (29), a própria Televisa havia feito uma cerimônia privada em sua sede, também na capital do país. Mais cedo, amigos e familiares haviam se despedido do comediante na residência em que ele morava.

Bolaños se refugiou no banlenário os últimos anos para diminuir os efeitos de uma insuficiência respiratória e de outras doenças.

O ator estava aposentado havia dez anos, mas isso não impediu que se adaptasse aos meios de comunicação mais modernos e se tornou um grande fã das redes sociais, tornando-se o mexicano com mais seguidores no Twitter – mais de 6,6 milhões.

Após sua morte, a TV mexicana emitiu mensagens de luto com um "Obrigado para sempre, Chespirito (seu apelido no México)", como despedida a um comediante que engrandeceu sua história com os personagens da vila do Chaves e as aventuras do heroico Chapolin Colorado.

O menino pobre do barril, que usava boné com tapa orelhas, foi lembrado por muitas personalidades mexicanas, desde o presidente do país, Enrique Peña Nieto, até seus companheiros de viagem na vila, Édgar Vivar (Senhor Barriga), María Antonieta de las Nieves (Chiquinha) e Rubén Aguirre (Professor Girafales).

"Roberto, não se vá, você permanece em meu coração e nos corações de todos aqueles a quem você levou alegria. Adeus ''Chavinho', até sempre", disse Vivar.

Aguirre, por sua vez, disse estar 'estarrecido' pela morte de quem qualificou como o melhor escritor de comédia da televisão mexicana, enquanto María Antonieta agradeceu Bolaños "por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo".

Polêmica em velório
Neste domingo (30), Carlos Villagrán, intérprete de Quico em "Chaves", negou ter sido barrado na homenagem a Roberto Bolaños, criador do seriado, feita neste sábado (29) na sede da emissora Televisa.

"Queridos amigos, me fizeram várias perguntas sobre uma publicação falsa que circula pela internet, dizendo que Florinda não permitiu meu acesso ao evento privado em honra de Roberto Gómez Bolanõs", escreveu Villagrán neste domingo (30) em seu perfil no Facebook.

No próprio sábado, o jornal "La Opinión" havia informado que Florinda Meza, viúva de Bolaños e intéprete de Dona Florinda em "Chaves",queria restringir o acesso de Villagrán nas homenagens póstumas ao seu marido. 

"Quero compartilhar minha posição a respeito: definitivamente, isso não é verdade. Confesso que também duvidei. Representantes da Televisa me procuraram desde o momento em que a morte de Chespirito foi noticiada", descreve o ator na mensagem. Ele publicou em seu perfil duas fotos em que aparece ao lado de Florinda. Numa delas, estão se abraçando.

"Com Florinda, senti apenas a necessidade de lhe dar um abraço, para dividir nosso sentimento por um grande ser, que certa vez uniu a todos num grande grupo de companheiros e amigos. E nossa única intenção foi levar risadas e alegrias a muitos lares", continou Villagrán.

"Sobre esta nota, tratando de desviar a atenção das pessoas para emoções negativas, perguntei diretamente a [emissora] Televisa se isso era verdade. E eles me responderam que era uma nota mentirosa."

Segundo o jornal "La Nación", Florinda queria evitar desencontros ou polêmicas desnecessárias com Carlos Villagrán. De acordo com o periódico, ela desejava restrição "ao homem que durante décadas desqualificou o falecido".

No dia anterior, Villágran havia lamentado a morte de Bolaños em uma rede social. "Hoje, como raramente acontece, fiquei longe do telefone por umas 4 horas e, quando voltei, havia 71 chamadas perdidas, para me dar a triste notícia da partida de Don Roberto Gómez Bolaños. Sinto muito a morte de um grande homem, amigo, gênio", escreveu Villagrán em seu perfil no Facebook.

Carlos Villagrán foi o primeiro ator a deixar "Chaves", ainda na década de 1970. Ele foi autorizado pelo próprio Bolaños a usar a imagem de Quico em um espetáculo solo, mas o processou mesmo assim, alegando ser o criador do personagem.

Após perder a ação, Villagrán disse que havia saído do programa por "ciúmes e inveja" entre os ex-colegas. Outra versão é que Villagrán e Bolaños brigaram porque Florinda Meza teve um relacionamento com Villagrán antes de se casar com o criador de "Chaves".

Assim, o clima entre os atores já não era bom quando o intérprete de Quico participou de seu último episódio, considerado um dos grandes clássicos da série, em que os personagens fazem uma viagem para Acapulco.

 

Fonte: G1

PM é morto e seu parceiro é baleado na Avenida Brasil, depois de ataque de bandidos.

PM é morto e colega é baleado em ataque de bandidos na Avenida Brasil

Soldado Senna, do 41º BPM (Irajá), não resistiu a tiro de fuzil. Ataque ocorreu 24 horas após o sequestro, tortura e morte do PM Ryan Procópio, em Bangu, lotado na UPP Vila Kennedy

 

Rio - Cerca de 24 horas após a morte do soldado Ryan Procópio, de 23 anos, da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Vila Kennedy, sequestrado e torturado por traficantes em Bangu, na Zona Oeste, mais um policial militar foi morto por bandidos na região da Avenida Brasil. O também soldado Anderson Senna Freire foi baleado na cabeça durante um ataque de bandidos, em Guadalupe, Zona Norte do Rio, no início da madrugada desta quarta-feira.

O colega dele, o soldado Bruno de Moraes, foi ferido no ombro e está internado no Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo. Ambos estavam de serviço e eram lotados no 41ºBPM (Irajá). De acordo com o Serviço Reservado (P-2) do 41º BPM, os dois PMs encerrariam o serviço por volta de 1h e retornavam para o batalhão em Irajá. Quando passavam pela Avenida Brasil foram atacados na esquina da Rua Luiz Coutinho Cavalcante por ocupantes de um Fiat Punto prata. Os bandidos desceram do veículo já efetuando os disparos.

 

Pelo menos três tiros perfuraram o vidro dianteiro do veículo policial e a lataria. Surpreendidos, os policiais não tiveram tempo de reagir e acabaram baleados. Socorridos para o Albert Schweitzer, Senna morreu vítima de um tiro de fuzil na cabeça. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde do soldado Moraes, atingido no ombro.

 

Após os disparos, os bandidos fugiram pela Rua Luiz Coutinho Cavalcanti. A via dá acesso às comunidades do Muquiço e da Palmeirinha. O local do crime fica a nove quilômetros da Rua Vigilante Fortunato, em Bangu, onde o corpo do soldado Procópio foi abandonado. As investigações sobre do ataque aos policiais do 41ºBPM também estão a cargo da Divisão de Homicídios.

 

Na tarde de terça-feira o soldado Ryan Procópio foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap. Cerca de 200 pessoas acompanharam o funeral. O comandante-geral da PM, coronel Íbis Pereira, esteve presente e se emocionou. No mesmo horário, enquanto o Batalhão de Operações Especiais (Bope) fazia "levantamento das vielas da Vila Aliança para o serviço de inteligência da PM", a DH ouvia testemunhas do crime, a fim de encontrar os responsáveis pelos cinco disparos que atingiram as costas do policial.

 

Para a Polícia Civil, o assassinato do soldado Ryan após sessão de tortura na noite de segunda-feira, teria ocorrido em represália à prisão de dez bandidos, feita horas antes em operação das polícias Civil e Militar, na Vila Aliança, em Bangu.

 

O corpo de Ryan foi abandonado na mala do seu Honda Fit, na Avenida Brasil. O PM, que era lotado na UPP da Vila Kennedy, comunidade vizinha à Vila Aliança, morava na região, o que pode ter facilitado o reconhecimento dos bandidos. “Nenhuma hipótese está descartada até o momento. Ryan era filho e irmão de policiais militares, e, por isso, a possibilidade de vingança contra algum dos familiares também não está descartada”, disse o delegado Fábio Cardoso, da DH.

 

De acordo com amigos, Ryan estava de folga e teria sido abordado pelos criminosos quando passava pela Estrada do Engenho, por volta das 22h50. Ele teria sido levado à Vila Aliança, dominada pelo Terceiro Comando Puro (TCP).

 

“Sabemos que dois homens o abordaram, mas já solicitamos imagens de segurança da região e coletamos digitais no carro para descobrir quantos foram os cúmplices”, completou o delegado.

 

Fonte: Jornal Odia

RIO DE JANEIRO PODERÁ FICAR SEM ÁGUA POR 72 HORAS

Sistema Guandu foi paralisado para manutenção preventiva.

 

Com o Sistema Guandu paralisado para manutenção da rede, o abastecimento de água pode ser comprometido no Rio nesta quarta-feira (19) de Novembro. De acordo com a Cedae, a manutenção preventiva tem como objetivo evitar a falta de água durante o verão. Na parada, os técnicos vão aproveitar também para interligar uma etapa de uma nova adutora da companhia. Ao todo, três mil operários vão trabalhar nessas manobras na Região Metropolitana, segundo a Cedae.

 

A nova adutora faz parte do projeto para aumentar a oferta de água em bairros de Jacarepaguá e Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Para as operações está prevista uma paralisação do abastecimento de água por 24 horas. Mas o desabastecimento pode chegar a 72 horas em localidades da ponta do sistema, como bairros em áreas isoladas ou localidades mais altas.

A Cedae preparou um esquema para fornecer água através de carros-pipa para hospitais e outros órgãos de atendimento essencial.

O Guandu é a maior estação de tratamento do mundo. De lá saem 43 mil litros de água tratada por segundo para atender nove milhōes de pessoas do Rio e da Baixada Fluminense.

Os preparativos para o serviço de manutenção do Guandu começaram na segunda-feira (17) com a troca de duas importantes válvulas do sistema. Conforme mostrou o RJTV, um dos equipamentos fica na elevatória de água tratada. A outra válvula, está localizada na elevatória de água bruta. Os técnicos também vão rastrear os vazamentos e fazer inspeções nos túneis dos reservatórios subterrâneos para que sejam realizados reparos no sistema.

“Normalmente, esta paralisação é uma vez por ano e serve para fazer uma série de manutenções preventivas e evitar paralisações em uma época de alto consumo. Para ter um bom abastecimento ao longo de um ano, é preciso fazer manutenção”, afirmou Edes Oliveira, gerente da Estação do Guandu.

Prédios se preparam para economizar água
Os moradores de mais de 130 apartamentos de um prédio no Méier, na Zona Norte do Rio, receberam um aviso do síndico para economizar água durante o período de manutenção do sistema Guandu.

De acordo com Luiz Fernando Rodrigues, síndico do edifício, é importante evitar o desperdício. “Nós vamos apresentar para os moradores um planejamento, principalmente para quarta (19) e quinta (20), que são os dias mais críticos”.

Segundo a Cedae, as medidas vão melhorar a distribuição de água no período do verão e evitar ações emergenciais. “As pessoas podem deixar suas cisternas e seus reservatórios cheios e economizar água com ações simples, como só lavar roupa se for extremamente necessário, não lavar carros, não regar jardins. Usar só a água das caixas d’água, de maneira racional” completou Edes.

Fonte: Portal G1

SAIBA SE SEU SALÁRIO É COMPATÍVEL COM O MERCADO...

 

 

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) lança nesta quarta-feira, dia 12 de novembro, na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP (FEAUSP), o sitewww.salarios.org.br. A nova página permite  que empresas, sindicatos e empregados confiram dados do mercado de trabalho brasileiro. O destaque fica por conta do Salariômetro, uma pesquisa salarial instantânea, de acordo com a profissão e o perfil do trabalhador. O resultado da consulta é a média dos salários de contratação nos últimos seis meses. 
 
Além da pesquisa de salários, a página traz um acervo de acordos e convenções coletivas - que incluem aumentos salariais, pisos e PRL - negociadas no país desde 2007, a partir de uma ferramenta desenvolvida pela Fipe que utiliza dados armazenados no sistema Mediador, do Ministério do Trabalho e Emprego.  Outra novidade é a Folha de salários do país, cuja fonte é o FGTS. Este recurso expõe o volume pago em salários pelas empresas brasileiras.

Fonte: www.yahoo.com.br

EM 2015 OS BRASILEIROS TERÃO 11 FERIADOS PROLONGADOS, SEM CONTAR COM CARNAVAL SEMANA SANTA

Trabalhadores terão 11 feriadões para enforcar em 2015, fora carnaval e Semana Santa...

Quem gosta de feriados prolongados deverá se animar em 2015. O ano que vem será marcado por dias de folga que poderão se esticar até o final de semana, algo que não ocorreu muito em 2014, ano em que muitos feriados caíram no meio da semana ou em final de semana. Todos os feriados que cairão em dias úteis no ano que vem serão próximos dos sábados e domingos, o que permitirá os chamados feriadões. 2015 terá 11 feriados em dias úteis, que poderão ser prolongados, enquanto que em 2014, dos 10 dias de folga que caíram em dias úteis, apenas 8 puderam se tornar em feriadões. Apesar de agradar as pessoas que gostam de viajar nesses períodos de descanso, o comércio poderá ser prejudicado.

 

Novembro nem acabou e já circula em grupos do WhatsApp uma mensagem sobre os feriados de 2015. Ao contrário do que aconteceu este ano, quase todas as datas serão no meio da semana, gerando expectativas nos trabalhadores quanto aos dias de descanso. No Rio, serão nada menos que 11 feriadões — fora carnaval e Semana Santa, já tradicionais.

A avalanche de feriados, no entanto, divide a economia do país. Se, por um lado, setores ligados ao turismo lucram mais, por outro, o comércio sofre grandes perdas. O Clube de Diretores Lojistas do Rio (CDL-Rio) estima que, num único feriado de meio de semana, o comércio da capital fluminense deixa de faturar cerca de R$ 370 milhões.

Aldo Gonçalves, que preside o CDL e também o Sindicato dos Lojistas do Comércio do Município do Rio de Janeiro (Sindilojas Rio) explica que a entidade tem um convênio com o sindicato dos empregados do comércio, que prevê a abertura das lojas em feriados. Muitas vezes, porém, não compensaria abrir os estabelecimentos nessas datas, pois o empresário tem custos, mas não tem clientela.

— O feriadão só é bom para o pessoal do turismo: restaurantes, hotéis... Porque o Rio atrai muita gente. Mas, de um modo geral, é sempre perda de vendas.

ATENÇÃO AOS FERIADOS

Veja em que dia da semana cairá cada feriado

1º de janeiro - Confraternização universal - quinta-feira

17 de fevereiro - Carnaval - terça-feira

3 de abril - Paixão de Cristo - sexta-feira

5 de abril - Páscoa - domingo

21 de abril - Tiradentes - terça-feira

1º de maio - Dia do Trabalho - sexta-feira

4 de junho - Corpus Christi - quinta-feira

9 de julho - Revolução Constitucionalista - quinta-feira

15 de agosto - Aniversário de Sorocaba - sábado

7 de setembro - Independência do Brasil - segunda-feira

12 de outubro - Dia de Nossa Senhora Aparecida/Dia das Crianças - segunda-feira

2 de novembro - Dia de Finados - segunda-feira

20 de novembro - Dia da Consciência Negra - sexta-feira

25 de dezembro - Natal - sexta-feira

 

 

FONTE:  Extra On line e Web

Primeira página 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Última página