Notícias

AGRADECIMENTOS PELO 4º FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO

APOIO CULTURAL EM PARCERIA COM ESPACOLINE NA REALIZAÇÃO DO 4º FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO-MG:

FICA O AGRADECIMENTO AO FABIO DO JUQUINHA PELO PATROCINIO DO SOM E ATRAÇÕES,   O SEU APOIO FOI MUITO IMPORTANTE PARA REALIZAÇÃO DO 4º FESTIVAL.

  E  A  ASSOÇIAÇAO DE MORADORES DE PENEDO TAPERA E GLORIA,  PATROCINOU A CONTA E LUZ DO EVENTO EM PARCERIA COM A :  

        A PARCERIA FOI MUITO PRODUTIVA, POIS HOUVE VISPORA E UMA CIAXA DE DOAÇOES JUNTO A MAQUETE DOADA E ELABORADA PELO ESPAÇOLINE NA INTENÇAO DE ARRECADAR FUNDOS PARA ASSOÇIAÇÃO.

O ESPACOLINE AGRADEÇE  EM NOME DA COMUNIDADEDE DE PENEDO-MG.

 LEBRANDO QUE TODA ESTRUTURA DO EVENTO E PATROCINADA PELO ESPACOLINE IDEALIZADOR E FUNDADOR DO EVENTO REPRESENTADO POR MORADOR LOCAL:

DIVULGAÇÃO/MARKET, ANUCIOS EM RADIOS,REDES SOCIAL, CARROS DE SOM,  SEGURANÇA/ESTRUTURA DO LOCAL/ ORGANIZAÇÃO DO EVENTO, MONTAGEM DE STUDIO PARA TRANSMISSÃO AO VIVO NA INTERNET, TODOS EQUIPAMENTOS, LINK DE STREMING, BANDA LARGA,  TELÃO,CAMARA MEN, EDÇÃO,ILUMINAÇÃO,  BANNER, FOLDES,CAMISAS, ALGUMAS  VENDIDAS A PREÇO DE CUSTO, OUTRAS DOADAS, E SEMPRE NO  PREMIO DO TORNEIO DE TRUCO,  ADESIVOS PARA CARROS, MÃO DE OBRA PARA ESTRUTURA  E LIMPEZA DO LOCAL,   E DAS COZINHEIRAS ,  ALIMENTAÇÃO DE TODA EQUIPE, ATRAÇÕES, DOS GRUPOS DE  QUADRILHAS LOCAIS, GRUPO DE  CAPOEIRA,  E DO APOIO DA POLICIA MILITAR. 

NOSSOS AGRADECIMENTOS A FAMILIA MARINK PELO ESPAÇO E A TODOS  MORADORES QUE SEMPRE AJUDARAM NO EVENTO E A TODOS QUE PRESTIGIARAM NOSSO 4º FESTIVAL CULTURAL. 

ATT: 

GIOVANDER SILVEIRA. (VANINHO)

 

 

 

 

OS FESTIVAIS CULTURAIS REALIZADOS EM PENEDO-MG

Os Festivais culturais que foram realizado em Penedo-MG, foi idealizado e realizado por     Giovander Silveira, Diretor do Espacoline,  em   entrevista disse que projeto Cultural esta dentro do objetivos do Espacoline, acrescentou ainda que foi uma realização pessoal e que o mesmo patrocinou todo  os dois primeiros evento e que nos outros consegui apoio , que tudo começou com  a inauguração das Casa dos Marink da Silveira que tinha sido restaurada, depois teve uma fogueira Agostinha onde fora pedido o Espaço para utilização da mesma que desse dois eventos teve a ideia de trazer o Espaçoline para o Penedo em AGOSTO DE 2012,    que o primeiro foi o um grande desafio, e que houve uma participação e apoio enorme da Comunidade. todos os vídeos aqui descrito mostra todo trabalho do maior Festival Cultural da Região, sempre transmitido ao vivo na internet pelo portal Espacoline, com atrações de musicais da região, O Filme Doce Penedo que conta um pouco da historia do povoado, Peça teatral com grupo Ser ou Não Ser, cavalgada, Comida tipa local, foi criado uma rede para solucionar inclusão digital para acesso a banda larga, com oficina a jovens sobre conhecimento básicos  de rede física que foi uma grande novidade para comunidade uma vez que nunca tinha recebido tanto visitantes cerca de 2000.000 na noite de sábado, foi criados placas de sinalização para orientação a turistas, nos trevos indicando como chegar ao povoado penedo, nas cachoeiras e Serras muitas não conhecidas ate pelos jovens de hoje, foi ciado redes sócias, Domínio www.penedomg.com.br e uma pagina dentro do portal.  Conteúdo distribuído pelo associados a Abebelmim no qual e presidente, Associação de Empresas de Telecomunicações e Melhoramento de Imagens e Atividades Afins, parceira do Espaçoline ressaltou que esse movimento foi criado para democratizar o acesso a informação e que seus associados hoje são operadores de SeaC, setor de TV POR ASSINATURA e que a realização de eventos nas Casa dos Mayrink não e de agora desde anos  70 sempre foi assim tradição na comunidade , e que lamenta a comunidade não ter uma área de lazer. Fica meu cumprimentos e agradecimentos a todos visitantes e apoiadores, e a Deus sem a vontade dele nada seria possível.

Materia equipe Espaçoline, programa vozes de Penedo.

 

Ex doméstica lança segundo livro de poesias

Aos 85 anos, Ana Maria acabou de lançar seu segundo livro de poesias (Fotos: Aline Melo)

      Mostrando que não há idade certa para o sucesso chegar, Ana Maria de Souza, de 85 anos, moradora da comunidade da Maré, só teve a oportunidade de desenvolver suas habilidades artísticas depois da aposentadoria. Há alguns anos ela atua como pintora, desenhista, atriz, cantora e poetisa. Todo este talento está sendo mostrado na Flupp (Feira Literária das Periferias), cuja edição de 2015 dura até outubro. Uma de suas pinturas ilustra a capa da coletânea de textos realizados especialmente para a Feira.

Mineira da cidade de Carangola, Ana veio para o Rio de Janeiro trabalhar como doméstica e ajudar uma tia, que na ocasião estava com o marido doente. Assim como a maioria das empregadas domésticas que vinham para a “cidade grande”, durante décadas ela morou na casa da família onde trabalhava e já ali começou a criar algumas coisas. “Às vezes eu estava limpando e tinha alguma ideia. Parava para anotar um poema, pois às vezes a ideia foge”, conta.

Depois da aposentadoria, Ana se mudou para a  Maré, onde tinha alguns parentes, e iniciou o curso de pintura com a professora Lina Mello, e de teatro com o professor Paulo Mag. Desde então não parou mais. Além de ter alguns de seus quadros impressos em cartões postais, ela acabou de lançar seu segundo livro de poesias, o “Faces de Ana 2”. A noite de autógrafos aconteceu no Museu da Maré e na Biblioteca José de Alencar, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Confira a entrevista onde ela fala um pouco mais sobre seu segundo livro.

FLUPP02

Julio Ludemir, um dos idealizadores da FLUPP, foi quem convidou Ana para ilustrar a capa da publicação

Como você está se sentindo sente-se ao lançar o seu novo livro ” Face de Ana 2″?
Me sinto muito feliz, pois no ano passado tive muito sucesso com o meu primeiro livro depois de mais de 50 anos tentando lançar, mas por obra de Deus consegui ajuda no projeto social Maré Latina, que me ajuda gratuitamente em tudo, tanto na produção, divulgação e no lançamento. Começamos no dia 05 de maio, no Museu, depois 08 de maio no Projeto Maré Latina, 11 de maio na UFRJ.

O que há de novo neste livro?
São poesias inéditas, feitas há anos e cheias de amor e carinho. Muitas poesias ilustram o que vivi na comunidade da Maré e em minha vida.

Como foi e é participar da Flupp?
É a realização de um sonho, pois pude ser mais reconhecida no mundo da literatura. Conheci o Julio Ludemir, que me convidou para ilustrar a ultima edição da coletânea de livros da Fluppe este ano recebi o convite para participar novamente deste grande evento literário.

FLUPP04

A capa é uma das obras de Ana Maria, inspirada em sua vida na Maré

Você tem blog e redes sociais?
Sim, tenho meu blogwww.livrofacesdeana.blogspot.com.br e página no Facebook. São os meus principais canais onde eu mostro minha vida artística e literária.

Como foi o lançamento ano passado de seu primeiro livro e realização de seu maior sonho e reconhecimento?
O lançamento foi divulgado na mídia interna a comunidade, como a externa, como jornal do SBT , Jornal Expresso e participação na Flupp Brasil, CEFET, Museu da Maré, Mulheres de Pedra, Bela Maré, entre outros eventos importantes no meio literário. Minhas pinturas foram expostas no Bella Maré, até o final de novembro e no dia 15 de novembro até fevereiro de 2015, cinco de seus quadros foram expostos no Sesc Madureira. Tudo fruto do lançamento de meu livro que ao lerem, conheceram um pouco mais de minha vida e me convidaram para as exposições.

http://vivafavela.com.br/empregada-domestica-aposentada-lanca-segundo-livro-de-poesias/

WhatsApp libera uso em computadores para donos de iPhone G1 19/08/2015 13h33 - Atualizado em 19/08/2015 13h33

19/08/2015 13h33 - Atualizado em 19/08/2015 13h33

WhatsApp libera uso em computadores para donos de iPhone

Novidade permite enviar mensagem da web e já é oferecida para o Android.
Nem todo usuário de iPhone, porém, já consegue ter acesso à função.

 

Do G1, em São Paulo

Uso do WhatsApp em computadores é liberado para donos de iPhones. (Foto: Reprodução/WhatsApp)Uso do WhatsApp em computadores é liberado para donos de iPhones. (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O uso do WhatsApp em computadores foi liberado sem alarde para donos de iPhone. A novidade foi revelada sem alarde na lista de dispositivos suportados (Veja aqui).

Lançado no começo de 2015, o WhatsApp Web permite o envio de mensagens a partir de desktops. A ferramenta já atendia usuários de Android, Windows Phone e BlackBerry, BlackBerry 10, Nokia S40 e Nokia S60.

Para começar a usar, é preciso abrir o aplicativo, ir a “configurações”, selecionar “WhatsApp Web” e posicionar o smartphone diante da tela do computador para que ele leia o código QR exibido na página do serviço na web.

A novidade foi percebida por um usuário do fórum da internet Reddit. No entanto, não foi liberada para algumas pessoas. O app mostra em quais sistemas foi efetuado login no WhatsApp e é possível fechar sessões de conversa remotamente.

Modelo é acusada de usar rede social para aplicar vários golpes

Modelo é acusada de usar rede social para aplicar vários golpes

A modelo fotográfica Bruna Cristine Menezes de Castro, conhecida como Barbie, de 25 anos, foi presa em Goiás, na terça-feira, acusada de estelionato. Segundo a Polícia Civil do estado da Região Centro-Oeste, a ‘171' usava diversos perfis falsos no Instagram para anunciar a venda de celulares, maquiagem e outros produtos importados, mas, depois de receber o dinheiro, ela sumia, e o cliente nunca recebia a encomenda. Uma das vítimas já identificadas é um morador do Rio de Janeiro.

Contra a ‘Barbie 171' foi cumprido mandado de prisão preventiva pelo crime de estelionato. Bruna foi localizada num apart-hotel de Goiânia, onde estava hospedada há 30 dias. Segundo a Polícia Civil, ela fez pelo menos 23 vítimas - 20 são de Goiás, duas de Brasília e uma do Rio.

"Calculamos um prejuízo de R$ 300 mil para as vítimas daqui (de Goiás)", afirmou o delegado Eduardo Prado, titular da Delegacia Estadual de Defesa do Consumidor (Decon) de Goiás.

Após os clientes confirmarem o pagamento da encomenda, a ‘Barbie 171' inventava que ela ou alguém da família estava doente e, por isso, não conseguiria entregar o produto no prazo. "Ela, então, encerrava a conta na rede social e fazia uma nova. A Bruna usava da beleza para persuadir os clientes, que eram homens e mulheres que acreditavam no caráter dela", disse Eduardo Prado.

 

Primeira página 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 Última página