Notícias

Preço da gasolina sobe pela 2ª semana seguida, para maior valor no ano

O preço da gasolina subiu pela segunda semana seguida no Brasil e atingiu o valor médio mais caro do ano, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado nesta sexta-feira (16).

Frentista abastece carro em posto da Petrobras no Rio de Janeiro (Foto: Reuters)

Frentista abastece carro em posto da Petrobras no Rio de Janeiro (Foto: Reuters)

O valor médio do litro da gasolina cobrado nos postos ficou em R$ 3,742 nesta semana, cerca de 5 centavos ou 1,4% acima do valor praticado na semana anterior (R$ 3,691). Até então, o preço mais alto do ano tinha sido registrado pela ANP na semana terminada no dia 2 de abril, quando o litro ficou em média em R$ 3,734.

O aumento acontece após a alta do preço dos combustíveis cobrado pela Petrobras nas refinarias, que entrou em vigor no último dia 6. Após dois meses de reduções de preços, a estatal elevou em 8,1% o valor da gasolina e em 9,5% o valor do diesel. A estimativa da Petrobras era de que de que o preço do litro da gasolina subisse R$ 0,12 e o do diesel R$ 0,17 se a alta de preços fosse repassada integralmente. Na prática, o preço da gasolina está hoje mais caro do que estava antes do primeiro anúncio de redução de preços feito pela Petrobras em meados de outubro.

A Petrobras justificou o reajuste citando a variação do câmbio e dos preços do petróleo, que subiram após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) fechar um acordo para corte de produção.

Em outubro, a empresa mudou sua política de definição de preços, que tende a repassar movimentos de cotações do petróleo e câmbio, por exemplo. Visando dar mais transparência ao mercado, a companhia prevê atualmente avaliações de preços pelo menos uma vez por mês.

 (Foto: Arte G1) (Foto: Arte G1)

(Foto: Arte G1)

Há variações significativas nos valores praticados por estado. No Acre, onde a gasolina é a mais cara do país, o preço do litro fechou a semana em R$ 4,212. Já nem São Paulo, o valor médio ficou em R$ 3,561. No Rio, em R$ 3,999. Veja lista mais abaixo

 

Diesel e etanol também sobem

 

Os valores cobrados pelo litro do diesel e do etanol também subiram na semana, segundo o levantamento da ANP. O preço médio do diesel subiu para R$ 3,025, acima da média de R$ 2,983 registrada na semana anterior, e o maior valor desde abril. Foi a segunda alta semanal seguida, após quatro quedas consecutivas semanais.

Já o preço do etanol subiu pela 16ª semana seguida, segundo os dados da ANP. O preço médio do litro do etanol no país foi de R$ 2,824 nesta semana, acima do valor de R$ 2,822 registrado na semana anterior. Trata-se também do maior valor desde a semana encerrada em 9 de abril (R$ 2,852).

A ANP consultou 5.680 postos para calcular a média de preços da gasolina, 5.113 para o etanol e 3.559 para o diesel.

Segundo os dados do IBGE, no acumulado do ano até novembro os combustíveis registram alta de 1,71% – abaixo da inflação oficial do país no período (5,97%). Em 11 meses, os preços da gasolina subiram 0,78%; osdo diesel, 0,73%. Já o etanol aumentou 5,87%.

Veja o preço médio da gasolina nesta semana, por estado:

Acre: R$ 4,212
Alagoas: R$ 3,687
Amapa: R$ 3,726
Amazonas: R$ 3,989
Bahia: R$ 3,879
Ceará: R$ 3,964
Distrito Federal: R$ 3,622
Espírito Santo: R$ 3,752
Goiás: R$ 3,852
Maranhão: R$ 3,595
Mato Grosso: R$ 3,753
Mato Grosso do Sul: R$ 3,628
Minas Gerais: R$ 3,784
Pará: R$ 4,067
Paraíba: R$ 3,656
Paraná: R$ 3,656
Pernambuco: R$ 3,654
Piauí: R$ 3,696
Rio de Janeiro: R$ 3,999
Rio Grande do Norte: R$ 3,887
Rio Grande do Sul: R$ 3,917
Rondônia: R$ 3,928
Roraima: R$ 3,880
Santa Catarina: R$ 3,656
São Paulo: R$ 3,561
Sergipe: R$ 3,758
Tocantins: R$ 3,783

5º FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO MG.

Apresentação

https://www.youtube.com/watch?v=PScblRNNKIc

Mudança do traçado da Transoeste!? Vitória da luta da Vila União de Curicica!?

Uma nova via expressa, livre de semáforos e com pistas exclusivas para o BRT. A futura Transolímpica, corredor que ligará o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro, vai agregar qualidade às viagens de 70 mil pessoas diariamente, diminuindo o tempo de deslocamento das atuais duas horas e meia para apenas 30 minutos. Umas das principais intervenções segue em ritmo acelerado, com 80% de conclusão: o Túnel do Maciço da Pedra Branca, que vai solucionar os constantes engarrafamentos da Serra do Catonho.

Com 18 estações e três terminais, a Transolímpica vai fazer integração com a Transoeste, no Recreio, com a Transcarioca, em Curicica, e com os trens da SuperVia, em Magalhães Bastos, Vila Militar e Deodoro. Com previsão de inauguração para 2016, não terá semáforos pelo caminho, beneficiando, também, milhares de motoristas que poderão utilizar a via de 26 quilômetros (sendo 13 quilômetros somente de via expressa).

Mudança do traçado da Transoeste!? Vitória da luta da Vila União de Curicica!?

SAM_0542

Na manhã do sábado, dia 13 de dezembro, uma comissão do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas chegou na Vila União e encontrou os moradores com uma generosa recepção e logo ficamos sabendo que uma comitiva da Prefeitura do Rio de Janeiro, com Marli Peçanha assessora do prefeito Eduardo Paes, Alex Costa subprefeito da Barra- Jacarepaguá, Tiago Mohamed ex-subprefeito  e Pedro Paulo, deputado federal secretário de governo (indicado a suceder o atual prefeito), estivera mais cedo percorrendo o bairro e encontrou com o Robson, quando o Pedro Paulo disse que a Prefeitura mudaria o projeto do BRT Transolímpica, que não removeriam mais as 876 moradias, mas “apenas” 160. Se este anúncio for verdade, tal postura expressaria uma mudança no posicionamento da Prefeitura e uma conquista da comunidade. No entanto, tendo em vista que não existe nenhuma declaração por escrito, esta postura também pode significar mais uma tentativa de desinformar e desmobilizar a luta dos moradores da Vila União de Curicica. Neste contexto, é preciso fortalecer a mobilização social contra as remoções desta comunidade. Além disso, a luta não é apenas pela permanência dos moradores, mas por um projeto de melhorias urbanas que garanta a qualidade de vida para todos e todas que vivem no bairro.

Haverá uma reunião na segunda-feira dia 22 de dezembro, às 18:30 na quadra da Escola de Samba da Vila União, para anunciar a mudança do traçado do BRT Transolimpíca, diminuindo o número de removidos, estarão presentes os moradores e a comitiva da prefeitura descrita acima.

SAM_0496

Lembramos que foi dito que era impossível modificar o projeto, inclusive por defensores públicos e que o prefeito Eduardo Paes havia combinado que não haveria remoção na Vila Autódromo, mas continua pressionando para a saída dos moradores, piorando as condições de vida da comunidade, com demolições, falta de serviços públicos, destruição dos encanamentos com passagem de pesados caminhões de obras, derrubada de árvores etc. Infelizmente não podemos acreditar na palavra dessas autoridades, pois essa prefeitura disse que faria a urbanização com o Morar Carioca na Vila União e depois desistiu, destruiu as pontes de acesso sobre rio de várias moradias, além disso deixa o mato crescer, não recolhe o lixo, nem os entulhos nas margens dos rio, criando um ambiente insalubre como forma de pressionar pela remoção.

Após o lanche na lage do bar Divino fizemos uma reunião em que explicamos os objetivos da missão e sobre os casos recorrentes de violações de direitos humanos na relação do Município com as comunidades, como a falta de informações, a falta de participação nas decisões, a não realização de audiências públicas, nem estudos de impacto de vizinhança e de impacto ambiental, propostas irrisórias de indenização, prazos curtos para saída da residência quando feito um acordo ou por decisão judicial, ameaças de funcionários, de autoridades ou de grupos de milícia, dentre outras formas de violência que compromete a segurança e a saúde física e emocional dos moradores. Então nos apresentamos, ouvimos a apresentação dos moradores e de outros apoiadores.

Visitamos inicialmente a vila rosa que tem treze residências, colhemos o depoimento de uma senhora, a Dona Rita de 76 anos, que nos mostrou vários documentos, também conversamos com o sr. Joelson, 30 anos de comunidade, que nos mostrou sua casa que tem 160m² e que a Prefeitura ofereceu R$ 90.000,00 reais, de indenização, sendo que a servidora do município Marli Peçanha teria dito que a o apartamento do MCMV oferecido na Colônia Juliano Moreira teria o valor de R$ 370.000,00 reais. Estivemos também na casa do Daniel que trabalha com produção e venda de roupas, mas a Prefeitura não considera o valor dos locais de trabalho, nem quando a moradia também é utilizada para o trabalho, criando uma grave dificuldade para a sobrevivência dessas pessoas.

Há uma grande ameaça de prejuízo para os moradores que estão na comunidade por vários anos, que fizeram investimentos durante toda uma vida e que construíram a moradia dos filhos, como o Sr. Zé Paulo, um dos primeiros a construir uma casa de alvenaria na comunidade há mais de trinta anos, hoje tem uma casa de 90m² e a da filha que mora em cima, com uma oficina e com quintal para os netos brincarem, estão vivendo o risco de perderem tudo pela remoção. O senhor Sebastião pedreiro aposentado, também morador desde o início da ocupação, em torno de trinta anos, construiu a sua casa e de dois filhos. A vida em Curicica atualmente é boa dizem esses moradores, tem transporte para o trabalho, tem mercado, escola, posto de saúde, a família mora junto, tem a infraestrutura que precisam, mas os pequenos apartamentos de 37m² oferecidos pela Prefeitura na Colônia Juliano Moreira, não tem as mínimas condições.

A história de nossa cidade não pode repetir a violência que é o não reconhecimento da posse antiga e pacífica, que foi a forma encontrada pelos trabalhadores organizarem suas vidas frente aos baixos salários e a falta de política habitacional e de urbanização para acolher a migração interna e a expansão da cidade.

O Comitê Popular da Copa e Olimpíadas vai preparar um relatório sobre os acontecimentos de violações do direito à moradia e do direito à cidade na Vila União de Curicica e estaremos acompanhando as negociações, para dar publicidade aos atos da administração pública. Temos laços de amizade e de solidariedade com os moradores da Vila União, aos quais apoiaremos nessa luta contra a remoção. Acreditamos que a união e a luta dos moradores pelo direito à moradia, ao trabalho e à cidade deve garantir a vitória sobre a especulação imobiliária e outros interesses que impedem a modificação do projeto da Transolímpica, queremos um novo traçado,para manter o maior número de moradias e o fim das remoções.

SAM_0526

 

AGRADECIMENTOS PELO 4º FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO

APOIO CULTURAL EM PARCERIA COM ESPACOLINE NA REALIZAÇÃO DO 4º FESTIVAL CULTURAL DE PENEDO-MG:

FICA O AGRADECIMENTO AO FABIO DO JUQUINHA PELO PATROCINIO DO SOM E ATRAÇÕES,   O SEU APOIO FOI MUITO IMPORTANTE PARA REALIZAÇÃO DO 4º FESTIVAL.

  E  A  ASSOÇIAÇAO DE MORADORES DE PENEDO TAPERA E GLORIA,  PATROCINOU A CONTA E LUZ DO EVENTO EM PARCERIA COM A :  

        A PARCERIA FOI MUITO PRODUTIVA, POIS HOUVE VISPORA E UMA CIAXA DE DOAÇOES JUNTO A MAQUETE DOADA E ELABORADA PELO ESPAÇOLINE NA INTENÇAO DE ARRECADAR FUNDOS PARA ASSOÇIAÇÃO.

O ESPACOLINE AGRADEÇE  EM NOME DA COMUNIDADEDE DE PENEDO-MG.

 LEBRANDO QUE TODA ESTRUTURA DO EVENTO E PATROCINADA PELO ESPACOLINE IDEALIZADOR E FUNDADOR DO EVENTO REPRESENTADO POR MORADOR LOCAL:

DIVULGAÇÃO/MARKET, ANUCIOS EM RADIOS,REDES SOCIAL, CARROS DE SOM,  SEGURANÇA/ESTRUTURA DO LOCAL/ ORGANIZAÇÃO DO EVENTO, MONTAGEM DE STUDIO PARA TRANSMISSÃO AO VIVO NA INTERNET, TODOS EQUIPAMENTOS, LINK DE STREMING, BANDA LARGA,  TELÃO,CAMARA MEN, EDÇÃO,ILUMINAÇÃO,  BANNER, FOLDES,CAMISAS, ALGUMAS  VENDIDAS A PREÇO DE CUSTO, OUTRAS DOADAS, E SEMPRE NO  PREMIO DO TORNEIO DE TRUCO,  ADESIVOS PARA CARROS, MÃO DE OBRA PARA ESTRUTURA  E LIMPEZA DO LOCAL,   E DAS COZINHEIRAS ,  ALIMENTAÇÃO DE TODA EQUIPE, ATRAÇÕES, DOS GRUPOS DE  QUADRILHAS LOCAIS, GRUPO DE  CAPOEIRA,  E DO APOIO DA POLICIA MILITAR. 

NOSSOS AGRADECIMENTOS A FAMILIA MARINK PELO ESPAÇO E A TODOS  MORADORES QUE SEMPRE AJUDARAM NO EVENTO E A TODOS QUE PRESTIGIARAM NOSSO 4º FESTIVAL CULTURAL. 

ATT: 

GIOVANDER SILVEIRA. (VANINHO)

 

 

 

 

OS FESTIVAIS CULTURAIS REALIZADOS EM PENEDO-MG

Os Festivais culturais que foram realizado em Penedo-MG, foi idealizado e realizado por     Giovander Silveira, Diretor do Espacoline,  em   entrevista disse que projeto Cultural esta dentro do objetivos do Espacoline, acrescentou ainda que foi uma realização pessoal e que o mesmo patrocinou todo  os dois primeiros evento e que nos outros consegui apoio , que tudo começou com  a inauguração das Casa dos Marink da Silveira que tinha sido restaurada, depois teve uma fogueira Agostinha onde fora pedido o Espaço para utilização da mesma que desse dois eventos teve a ideia de trazer o Espaçoline para o Penedo em AGOSTO DE 2012,    que o primeiro foi o um grande desafio, e que houve uma participação e apoio enorme da Comunidade. todos os vídeos aqui descrito mostra todo trabalho do maior Festival Cultural da Região, sempre transmitido ao vivo na internet pelo portal Espacoline, com atrações de musicais da região, O Filme Doce Penedo que conta um pouco da historia do povoado, Peça teatral com grupo Ser ou Não Ser, cavalgada, Comida tipa local, foi criado uma rede para solucionar inclusão digital para acesso a banda larga, com oficina a jovens sobre conhecimento básicos  de rede física que foi uma grande novidade para comunidade uma vez que nunca tinha recebido tanto visitantes cerca de 2000.000 na noite de sábado, foi criados placas de sinalização para orientação a turistas, nos trevos indicando como chegar ao povoado penedo, nas cachoeiras e Serras muitas não conhecidas ate pelos jovens de hoje, foi ciado redes sócias, Domínio www.penedomg.com.br e uma pagina dentro do portal.  Conteúdo distribuído pelo associados a Abebelmim no qual e presidente, Associação de Empresas de Telecomunicações e Melhoramento de Imagens e Atividades Afins, parceira do Espaçoline ressaltou que esse movimento foi criado para democratizar o acesso a informação e que seus associados hoje são operadores de SeaC, setor de TV POR ASSINATURA e que a realização de eventos nas Casa dos Mayrink não e de agora desde anos  70 sempre foi assim tradição na comunidade , e que lamenta a comunidade não ter uma área de lazer. Fica meu cumprimentos e agradecimentos a todos visitantes e apoiadores, e a Deus sem a vontade dele nada seria possível.

Materia equipe Espaçoline, programa vozes de Penedo.

 

Primeira página 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 Última página